Terça, 07 de Abril de 2020 - 19:24:58

Uma Visita ao Museu – O que vimos e sentimos

Posted by on Quarta-feira, Dezembro 24, 2008, 5:14
Este artigo foi publicado na categoria Cultura, de Ver e possui Nenhum comentário até agora .

museulamegoNo dia dezasseis de Abril, os alunos da Turma 10.º A, com os alunos das turmas B e C do mesmo ano, da nossa Escola, realizaram uma aula no exterior, no âmbito da disciplina de Filosofia, visitando o Museu de Lamego.

Enquadrada no conteúdo “a compreensão da experiência estética – a criação artística”, a visita teve como principais objectivos: desenvolver e aprofundar a sensibilidade estética pelo contacto com obras de arte; conhecer e problematizar o papel da obra de arte no seio da comunidade.

A visita começou com uma pequena introdução sobre a história do Museu.

Ficamos a saber que se situa no antigo paço episcopal, edifício que D. Manuel de Vasconcelos Pereira, Bispo de Lamego, mandou construir na segunda metade do séc. XVIII. E ainda, pela riqueza do seu espólio, que é uma importante referência para as artes e para o património regional e nacional.

Tivemos a possibilidade de visitar várias salas onde se encontram as exposições de carácter permanente. Começando pela sala dos coches, passando pela dos brasões e vestígios arqueológicos, seguindo para a sala onde se encontram os cinco quadros de Grão Vasco que retratam cenas bíblicas, e pela sala onde estão as célebres tapeçarias flamengas fabricadas em Bruxelas no início do séc. XVI, e que plasmam a história mitológica de Édipo, rei de Tebas. Já na recta final da visita, visitámos os espaços onde se encontram peças de ourivesaria, paramentos e alfaias litúrgicas, esculturas de Santos de Nossa Senhora, com particular referência às de N. Senhora do Ó, altares completos de talha dourada, retorcida e laboriosa, num conjunto sacro que nos conduz à meditação e silêncio. Pudemos ainda ver obras de escultura, túmulos, painéis de azulejos e porcelanas vindas do Oriente.

Esta visita veio ilustrar o que estamos a leccionar nas aulas de Filosofia. Estamos rodeados de obras de arte. Tudo tem o seu encanto e beleza: a música, a pintura, a escultura, a poesia…a natureza. Sabemos que é bom e importante para o desenvolvimento do ser humano contemplar e visitar locais como este museu.

Muitas das peças que vimos tiveram a sua utilidade prática no passado, mas, agora, são dignas de estarem num museu, para que possam ser apreciadas e deliciar os olhos de todos. Por exemplo, os brasões, aparentemente são simples pedaços de pedra, mas cada um tem uma história diferente para nos contar.

Houve uma sala, em particular, que nos deu umas asas mágicas para voar. Uma sala grande e vazia. O silêncio apoderava-se dela. Ao fundo, apenas cinco quadros, os do magnífico Vasco Fernandes, conhecido por Grão Vasco, iluminados com uma luz que quebrava a penumbra. Ao aproximarmo-nos deles, mergulhamos no seu realismo e profundidade, e sonhamos…

Gostamos desta aula no exterior. Para alguns de nós foi a primeira vez que estivemos no Museu. Para todos, a oportunidade de ver com outro olhar as muitas criações artísticas que lá se encontram. Ao olharmos para uma obra de arte não pensamos quanto tempo demorou a ser feita, ou quanto custou, pois o que nos importa é a beleza e os sentimentos que desperta em nós. Para além do elevado valor histórico, as obras de arte têm também um incalculável valor estético.

Regressamos à Escola com a vontade de concretizar outras iniciativas desta natureza.

Os Alunos da Turma do 10.º A

Pode deixar um comentário , ou trackback do seu site .

Sem comentários para “Uma Visita ao Museu – O que vimos e sentimos”

Deixar um comentário